Porquê todo mundo precisa de um hobby?

Primeiro, o significado ao pé da letra. Hobby é uma palavra inglesa, que significa passatempo, adotada por nós para dar nome às atividades praticadas por prazer nos tempos livres.

Eu, particularmente, nunca tive dificuldade para encontrar hobbies. Na verdade, sou meio que viciado neles. Atividades fora do trabalho que me proporcionam um tempo desligado dos problemas do mundo, um tempo para relaxar  e fazer algo que realmente me dá prazer.

Porém existem pessoas que simplesmente não possuem um hobby, não se interessam por nada e vivem uma rotina pesada e maçante. Estas pessoas, na maioria das vezes, matam o tempo na frente da televisão. Pela falta de opção ou por não ter nada melhor para fazer.

Por mais que isso não seja exatamente um problema, vou citar alguns dos motivos pelos quais acho importantíssimo desenvolvermos pelo menos um hobby, ter pelo menos uma atividade para dedicar nos tempos livres, de ócio puro.

Hobby pra quê?

Um hobby vai te ajudar a desenvolver habilidades que o seu trabalho ou a sua rotina não te proporcionam. Você poderá aproveitar estas atividades extras para explorar e aprimorar suas habilidades em outras áreas. Se trabalha de segunda a sexta, sentado em um escritório, exercitando somente a mente, poderá aproveitar seus tempos livres para encontrar algum esporte ou atividade física que lhe dê prazer e, ao mesmo tempo, desenvolva seu corpo. E vice versa.

Quando está se dedicando a uma atividade que realmente te dá prazer, as horas passam como minutos e você consegue realmente relaxar. Seu cérebro estará trabalhando, mas não em “modo stress”, o que te permite uma absorção maior de conhecimento e um momento realmente dedicado a você, a refletir sobre a sua vida. Para quem gosta de dirigir em estrada é mais fácil entender. É aquele momento em que você se entrega para a estrada e começa a refletir sobre a vida, sem se preocupar com nada (parece exagero, mas é bem por aí hehe).

Além disso, existem hobbies que te “obrigam” a entender pelo menos um pouco de diversas áreas diferentes. Se você gosta de aeromodelismo, vai aprender mais sobre física, elétrica, mecânica e obviamente, aviões. Se seu prazer está em cozinhar, vai acabar entendendo um pouco mais de química e culturas diversas. Um dos hobbies mais completos que já tive, e que mantenho até hoje, é o aquarismo. Aprendi um pouco de física, química, elétrica, biologia, botânica, entre outros.

Conhecer um pouco de tudo

Outra coisa que a  primeira vista pode parecer besteira inútil, mas que no dia a dia faz muita diferença é a gama de assuntos que você fica apto a participar. Em um bar com amigos, ou em uma resenha qualquer, imagino que a última coisa que você queira seja ficar falando sobre trabalho ou sobre os problemas da vida.

Se você é uma pessoa que nos tempos livres se limita a apenas assistir televisão, automaticamente ficará limitado a falar de trabalho, futebol, política, religião, violência, moda ou qualquer um destes outros assuntos clichês. Mas se você tem uma atividade extra, que entende e gosta, poderá levar um assunto novo para a roda ou aprenderá a participar de outros assuntos novos que aparecerem.

É provável, inclusive, que isso faça com que você seja mais visado e respeitado, tanto na vida pessoal quanto profissional. É comum você ser questionado em entrevistas de emprego, sobre seus passatempos. Isso não é por acaso. O que uma pessoa faz com seu tempo livre diz muito sobre ela 😉

Uma pessoa que entende um pouco de tudo, que consegue participar de qualquer assunto, é melhor vista do que uma pessoa que fala sempre das mesmas coisas não seja aquele que participa apenas como ouvinte porquê não entende nada do assunto em questão.

Hobby vs Frugalidade

São dois pontos. O primeiro tem a ver com os gastos envolvidos na manutenção de um hobby. Dependendo da sua área de interesse e do hobby que vai se dedicar, podem acabar aparecendo gastos não previstos. Estes gastos devem ser tratados como baixíssima prioridade. Uma atividade extra, merece ser tratada como uma despesa extra.

O que recomendo é você fixar uma porcentagem máxima da sua renda para investir no seu hobby. Algo em torno de 5% mensais.

Por outro lado, este hobby pode acabar te rendendo recursos extras $$$, seja oferecendo serviços e consultorias, ou um produto de fato. Neste caso, além de ficar ainda mais interessante $$$ se dedicar ao seu hobby, você terá mais recursos para aprimorá-lo.

Existem casos que o hobby desenvolve tanto que passa de atividade extra, para atividade principal, substituindo o trabalho ou a área de atuação da pessoa. O melhor dos mundos. Conciliar prazer e diversão com algo que te sustentará financeiramente.

Como encontrar um hobby

Não existe uma receita para encontrar um hobby. Depende do interesse de cada um. Procure pensar nas coisas que te dão prazer ou em coisas que você fica admirado em ver os outros fazendo. Use o Google oráculo para descobrir quais hobbies estão atrelados a estas atividades e quais são os possíveis caminhos a serem seguidos.

Descubra quais os hobbies das pessoas mais próximas a você, converse sobre eles e, se possível, busque uma oportunidade de experimentá-los sem desprender de nenhum investimento financeiro.

O principal é ter a mente aberta e experimentar um pouco de tudo. O máximo que vai acontecer é você não gostar e ter que continuar procurando. Uma coisa eu garanto, seus momentos ociosos serão muito melhores e mais produtivos do que na frente da televisão hehe a não ser que você trate o seu trabalho como um hobby, e que nos seus tempos livres tudo que você mais queira seja trabalhar.

Vou deixar uma lista com alguns hobbys. Com sorte, você acabará se identificando =D

  • Andar de patins, skate, bicicleta, patinete, pedalinho, velotrol
  • Praticar artes marciais (jiu-jitsu, muay thai, mma, krav maga, karate taekwndo, etc)
  • Tocar um instrumento (violão, guitarra, bateria, gaita, etc)
  • Costurar
  • Cozinhar
  • Degustar bebidas (vinho, whisky, cerveja, etc)
  • Yoga
  • Meditar
  • Escrever (ter um blog hehe o/)
  • Ler
  • Jardinagem
  • Dança
  • Esportes (natação, futebol, basquete, academia, tênis, golf, peteca, etc)
  • Esportes radicais (escalada, trekking, paraquedismo o/, canoagem, etc)
  • Fotografia
  • Decoração
  • Viagens
  • Artesanato
  • Poker o/
  • Sinuca
  • Jogos de baralho
  • Jogos de tabuleiro
  • Jogos de computador o/ ou video game
  • Pintar ou desenhar
  • Pescar
  • Coleções em geral (selos, miniaturas, miniaturas de garrafas o/, etc)
  • Fazer DIY o/ (do it yourself) – de marcenaria até reciclagem de materiais

Já se encontrou no mundo dos hobbys? Deixe nos comentários quais são os seus preferidos. Quem sabe não acaba ajudando alguém a se encontrar!

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Sissi says:

    Dançar, cozinhar, viajar, decoração, jardinagem, DIY e bloguear!
    Parece que sou uma hobbeira profissional! 🙂

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *