#01 Frugalidade aplicada – Comece com o que puder, mas comece!

Não existe vida frugal sem economia. Sem aprender a viver com uma fração da sua renda e salvar o restante dela. Independente do objetivo (mesmo que ele a princípio nem exista). Mestres da frugalidade consideram que salvar 70% dos seus rendimentos (vulgos incomes), é o objetivo ideal para levar uma vida frugal, aposentar cedo e poder realizar os seus sonhos. Mas como chegar a esse montante absurdo? Pois é. Eu também não sei, mas temos alguns caminhos a seguir.

Definir um início e uma meta

 Para quem não tem o hábito de economizar, de separar uma parte do seu salário e guardar ou investir com o objetivo de nunca mexer nesse dinheiro, a princípio terá certa dificuldade. Eu me propus a começar separando 20% da minha renda para não mexer, e aumentar de 5% em 5% a cada 3 meses. Estes três meses devem ser o suficiente para identificar e acostumar com os possíveis cortes de gastos que irão viabilizar este plano. O objetivo é chegar em 50% e depois disso traçar um novo plano.

Já sei o que você esta pensando: “20% é muito, não tenho condição de abrir mão de 20% dos meus rendimentos”. Se você por algum motivo ou resistência, acha que 20% é inviável para a sua situação, te proponho um plano diferente. Comece com 1%, isso mesmo 1%. Não existe ser humano nesse mundo que não consiga abrir mão de 1% da sua renda. Se você atualmente recebe R$ 3000,00, isso será o equivalente a R$ 30,00. Algo facilmente cortado no orçamento. A idéia é acrescentar 1% todos os meses, para que no final de 15 meses você esteja guardando 15% dos seus rendimentos sem sentir, sem sofrer. Você terá tempo suficiente para estudar e se acostumar com esses gastos.

Não ouse pensar: “R$ 30,00/m é muito pouco”. Para quem não guarda nada.. metade é o dobro.

Aposentadoria frugal

 A maioria das pessoas ou casais que adotam este estilo de vida, tem como objetivo aposentar (deixar de ter um trabalho formal) o mais cedo possível. Seja para viajar o mundo, para se mudar para o interior ou simplesmente para não ter a obrigação de bater ponto em um escritório todos os dias. Claro que você não precisa necessariamente almejar algum destes objetivos para adotar uma vida frugal. Aprender a gastar com mais sabedoria é algo que vai te acompanhar para o resto da vida e, em momentos de crise como o nosso momento atual, pode ser a diferença entre a tranqüilidade e o desespero.

Existe uma teoria que diz o seguinte:

Se você economizar 10% dos seus ganhos, depois de 9 anos você poderá ficar 1 ano sem trabalhar.

Se você economizar 90% dos seus ganhos, depois de 1 ano você poderá ficar 9 anos sem trabalhar.

Isso só é possível porque você aprenderá a viver com apenas 10% da sua renda, e precisará manter isso pelos anos que se seguirem. Parece utópico mas não é. Somos bombardeados pelo apelo consumista diariamente. De pequenas coisas como um café ou sanduiche, até coisas mais caras como roupas, acessórios,  casas e carros. Além disso temos aquela bobeira chamada status. Temos que estar igual ou melhor do que as pessoas que nos cercam. Tire isso da sua cabeça e aprenda a ser feliz com o que realmente importa para você.

Não espere segunda-feira

 Nós temos a mania de postergarmos o início de nossos planos. O mais clichê deles é o regime “Segunda-feira eu começo.”. Não use a desculpa que este mês será difícil, que este mês esta muito apertado, que tem muitas dividas para pagar ou que queria começar guardando 20% mas agora não tem condições. Se este é o seu caso, comece pelos 1% que eu sugeri. Te garanto que não prejudicara em nada nenhuma das suas obrigações financeiras. Assim que receber o seu salário já retire a porcentagem que se propôs a guardar. O importante é começar AGORA e fazer com que este dinheiro seja sagrado e intocável. Sem desculpas!

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Amanda says:

    “somos bombardeados pelo apelo consumista diariamente”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *